Treino Funcional – Treinar para o nosso dia-a-dia

posted in: Atividades | 0

 

treino-funcional-ekvilibro

Segundo a NSCA(National Strength and Conditioning Association -organização líder mundial na área do desporto e condicionamento) o treino funcional surge como uma modalidade que “envolve movimentos que são específicos – em termos de mecânica, coordenação e/ou energética – para as actividades diárias.“

O treino funcional está agora na moda e promete melhores resultados do que o treino convencional de ginásio com máquinas.

O treino funcional teve origem na reabilitação de pacientes com problemas de mobilidade. O objectivo era o de devolver aos doentes as capacidades de executar as suas tarefas habituais após uma doença, acidente ou cirurgia. Se a profissão do paciente incluía elevação repetitiva de cargas, a reabilitação era direccionada para esse movimento, que diferia dos exercícios para a reabilitação de um paciente que tinha um filho pequeno ou até de um maratonista. Os tratamentos eram concebidos não só após uma cuidadosa consideração da condição do paciente mas também dependendo do que ele ou ela gostaria de alcançar, definindo objectivos realistas.

O treino com máquinas, embora pareça ser mais seguro, restringe os movimentos a um único plano, que é uma forma anormal do corpo se deslocar e pode potencialmente levar a padrões de movimento errados ou até mesmo a uma lesão. Pelo contrário o treino funcional, quando realizado correctamente, levará a uma melhor mobilidade articular e estabilidade, assim como a padrões de movimento mais eficientes. Ao melhorar estes factores, diminuem as hipóteses de sofrer uma lesão oriunda do esforço (tanto na pratica desportiva como na execução de qualquer tarefa no decorrer do dia).
Este tipo de treino tem tido uma enorme evolução e neste momento é um dos treinos mais adequados a pessoas saudáveis que pretendem perder peso, aumentar massa magra, melhorar postura, flexibilidade e saúde cardiovascular. É um dos melhores treinos por ser personalizado e adaptado às necessidades e objectivos de cada individuo. É por isso adequado a qualquer sexo, idade, condição física e condição psicológica.
 Para ser eficaz, um programa de treino funcional deverá ter as seguintes características:

  • Individualizado – cada programa de treino deve ser adaptado a cada indivíduo, após a realização de uma avaliação da sua condição física e das suas preferências.
  • Específico – adaptado aos seus objectivos, baseado em tarefas concretas, tendo em atenção o seu estado de saúde e preparação física.
  • Integrado – inclui uma variedade de exercícios que trabalham a flexibilidade, estabilidade, equilíbrio, força e energia, focado nos vários planos de movimento, sem máquinas para guiar o movimento, usando e manipulando objectos da vida quotidiana.
  • Progressivo – Ao longo do tempo o treino é adaptado, aumentando gradualmente a dificuldade da tarefa.
  • Diversificado – o tipo de tarefas é variável e estas podem ser combinadas de múltiplas maneiras evitando por isso monotonia no treino.
  • Flexível – Adequado e adaptável a qualquer idade e condição física.
  • Desafiante e divertido – a experiência que temos quando efectuamos este tipo de treino é divertida, cheia de desafios mentais e estímulos físicos, aliada a todos os outros benefícios.
Este método de treino propõe aos seus praticantes encontrar o equilíbrio no seu corpo melhorando os seus movimentos básicos. É recomendado para todas as pessoas que queiram ser saudáveis, melhorar aspectos corporais específicos, como perda de peso, postura e aumento de massa muscular. Esta modalidade alia o equilíbrio e bem-estar físico e emocional e acima de tudo proporciona uma forma divertida e alegre de se manter em forma.Por: Luísa Mesquita, Personal Trainer