ÓLEO DE COCO EXTRA VIRGEM PURO NA PELE – HIDRATAÇÃO E PROTECÇÃO

O Dr. Lair Ribeiro e outros médicos, como Dr. Luis Romariz, muito conceituados na área do antienvelhecimento, referem que os protectores solares, especialmente os de altos índices, vêm fazer mais mal do que bem. Os filtros usados nestes cosméticos estão longe de ser inofensivos:

  • Não protegem efectivamente dos raios UVA que são os causadores de câncro, pois são os que passam as camadas mais profundas da pele e podem provocar os danos no DNA.
  • Ao protegerem da queimadura, vão desativar uma das defesas naturais do organismo, que são o alerta para sair do sol e com isso proteger dos danos a nível mais profundo.
  • Vão inibir a produção de vitamina D, que é essencial para nos mantermos saudáveis. Existe já uma correlação entre o aumento de vários problemas de saúde devido ao défice de vitamina D causada pela Héliofobia (medo do sol) entre eles o próprio câncro.

O Dr. Bruce Fife, autor do livro  Coconut Cures: Preventing and Treating Common Health Problems with Coconut Oil refere que:

O óleo de coco é um protetor solar comprovado que ainda é usado por milhões de pessoas nos trópicos como única fonte de proteção contra queimaduras solares e câncer de pele

O óleo de coco protege o corpo contra queimaduras solares e câncer de pele sem bloquear a radiação UV benéfica… O óleo de coco funciona impedindo reações de radicais livres que levam a todas as consequências causadas pela exposição excessiva ao sol.”

O Dr. Bruce Fife defende que o óleo de coco permite apenas a quantidade certa de raios UV para que a pele se mantenha hidratada e produza a vitamina D necessária para se manter saudável. Ele diz que “A vitamina D é produzida pela ação dos raios ultravioleta da luz solar interagindo com o colesterol em nossa pele

O Dr. Bruce Fife aconselha “acostumar” a pele antes de ficar muito tempo no sol. Este é um processo necessário para o óleo de coco seja benéfico. Passar uma fina camada de óleo de coco sobre a pele descoberta e permanecer no sol por apenas 15 a 30 minutos de cada vez. Repita este processo nos próximos dias, aumentando o tempo de exposição pouco a pouco. Ele diz que “Depois de cerca de duas semanas, sua pele vai estar acostumada o suficiente para ficar ao ar livre por horas com uma única camada de óleo de coco

O ideal é sem dúvida ir acostumando a pele devagar ao sol, mas muitas vezes temos tão pouco tempo para apanhar sol, que quando o fazemos ficamos horas, à espera de nos compensar. No entanto, depois de devidamente informados, é importante parar para pensar sobre os nossos hábitos de vida actuais e o impacto que isso pode ter na nossa saúde e bem estar…

Por: Carla Gaspar, Mestre em Tecnologia dos Alimentos e Pós-Graduada em Nutrição Humana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  1. Essa informaçao foi maravilhosa pra mim,chegou na hora certa,mas será que o óleo de coco protege contra o envelhecimento tambem ou só contra o cancer?

  2. Olá Luciana! Grata pelo seu comentário. Sim o Óleo de côco também protege contra o envelhecimento pois ajuda a proteger dos radicais livres, logo é um bom aliado contra o envelhecimento precoce. Grata 🙂